quinta-feira, 11 de março de 2021

Vídeo: Mulher arranca máscara de motorista de Uber e tosse na vítima


 
Foto: Reprodução
Um motorista de Uber foi atacado por um grupo de mulheres no último domingo (7). O caso ocorreu em São Francisco, nos Estados Unidos, logo após o homem pedir que uma delas colocasse a máscara. Descontentes com uma das principais medidas contra o coronavírus, cancelaram a viagem e agrediram o motorista.

A corrida já estava em andamento quando Subhakar Khadka percebeu que uma das passageiras estava sem a máscara e solicitou que ela a colocasse. Após uma negativa da mulher, o motorista decidiu parar em um posto e só prosseguir com a viagem caso ela cumprisse a regra, mas não a convenceu.

“Ela começou a me insultar, me xingando, questionando minha masculinidade. As outras mulheres estavam até falando em atirar em mim, dizendo que chamariam seus primos para atirar em mim. Elas estavam até zombando da minha etnia”, disse Khadka, que tem origem indiana, para o canal KABC-TV.

No vídeo gravado pela câmera de segurança do carro, a mulher sem máscara pode ser vista gritando: “Fodam-se as máscaras”. Ela tosse repetidamente, enquanto as amigas riem e esbravejam palavrões ao fundo. Em outro momento, a mulher agarra o celular de Khadka do painel do veículo e arranca violentamente a máscara do rosto dele.

Assista ao vídeo:

O motorista afirmou que, desde o ataque, está traumatizado e não conseguiu voltar aos trabalhos: “Foi insuportável, foi ameaçador, eu tive medo da minha vida”. Segundo Khadka, a Uber lhe deu US$ 120, cerca de R$ 686, para limpar a bagunça deixada pelas passageiras.

A Polícia de São Francisco analisou as imagens do ataque e disse que uma das mulheres pulverizou uma substância, provavelmente um spray de pimenta, no carro de Khadka. O incidente é investigado, e a Uber declarou que a passageira que iniciou a corrida foi banida do aplicativo.

Fonte: jd1noticias