segunda-feira, 12 de abril de 2021

ABSURDOS: Homem mata e oculta corpo em assentamento; agora vai ter que se apresentar à polícia


 
Foto: Reprodução
Valdir Mendes dos Santos, 59 anos se apresentou, na manhã desta segunda-feira (12), ao delegado Diego Dantas Santos na, em Sidrolândia. Conforme a polícia, ele é o autor do assassinato de João Paulo Ferreira, ocorrido na tarde do dia 4 de abril, no assentamento São Pedro, naquele município. 

O acusado chegou ao local acompanhado pelo advogado Rubens Saldivar.  Após a oitiva, ele foi liberado e vai responder em liberdade pelo homicídio e ocultação de cadáver. 

Segundo informações, o homem disse que há dois meses alguns animais sumiram do lote de propriedade dele no assentamento. No dia do fato, ao vistoriar o local percebeu a presença de João Paulo próximo a cerca e a mangueira. Por conta disso, questionou o motivo da presença da vítima e logo em seguida a viu colocando a mão na cintura, como se fizesse menção de estar armado. 

Valdir então sacou o revólver e efetuou um disparo, atingindo o homem na cabeça. Logo em seguida, pegou a caminhonete e colocou o corpo na carroceria. De acordo com ele, com a intenção de levar ao hospital, mas, ao perceber que João estava morto, o deixou num canavial. Após o caso, ele pediu a Fiat Strada de um amigo emprestada sem relatar o fato e dirigiu até Dourados. 

No momento em que se apresentou na delegacia, Valdir também entregou o revólver calibre 38 usado no homicídio, com cinco munições intactas. Uma espingarda de pressão adaptada a calibre 22 também foi apreendida, porém, ele relata não ter usada a arma. 

Com informações do site: R7