terça-feira, 20 de abril de 2021

Criança é morta a tiros e queimada junto com mãe e irmão mais velho


 
Foto: Reprodução
Um crime brutal chocou a comunidade de Santa Maria durante a madrugada desta terça-feira, 20 de abril. Uma criança, um adolescente e uma mulher foram mortos com tiros na cabeça e na sequência, foram queimados.

A mãe foi identificada como Daniela Medianeira dos Santos, de 39 anos. Ela foi morta com tiros na cabeça junto aos filhos de 4 e 15 anos, também alvejados por disparos de arma de fogo. O filho mais novo foi identificado como Petrick dos Santos Oliveira. O mais velho foi identificado como Guilherme dos Santos Rodrigues.


De acordo com a Brigada Militar, vizinhos ligaram para o 190 relatando os disparos, seguidos de um incêndio na casa onde residiam as vítimas. Os corpos foram encontrados após o Corpo de Bombeiros controlar o fogo da casa de madeira, localizada na rua 20 do Loteamento Dom Ivo Lorscheiter.

De acordo com o Diário de Santa Maria, o caso é tratado como triplo homicídio pela Polícia Civil. O incêndio aconteceu por volta das 3h15min e deixou a residência completamente destruída.

Além dos tiros na cabeça, a polícia aguarda o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) para saber há disparos em outras partes dos três corpos.

Inscreva-se no canal do Clic Camaquã no YouTube.

De acordo com a Brigada Militar (BM), no local foi encontrado um galão de cinco de litros de gasolina, e populares relataram que cerca de 15 minutos antes do incêndio ouviram disparos nas proximidades.

Ainda segundo a BM, Daniela cumpria pena domiciliar por tráfico de drogas. Ela também já tinha passagens pela polícia por roubo a pedestre.

De acordo com a Brigada Militar, vizinhos ligaram para o 190 relatando os disparos, seguidos de um incêndio na casa onde residiam as vítimas.
Os corpos foram encontrados após o Corpo de Bombeiros controlar o fogo da casa de madeira, localizada na rua 20 do Loteamento Dom Ivo Lorscheiter.

De acordo com o Diário de Santa Maria, o caso é tratado como triplo homicídio pela Polícia Civil. O incêndio aconteceu por volta das 3h15min e deixou a residência completamente destruída.

Além dos tiros na cabeça, a polícia aguarda o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) para saber há disparos em outras partes dos três corpos.

De acordo com a Brigada Militar (BM), no local foi encontrado um galão de cinco de litros de gasolina, e populares relataram que cerca de 15 minutos antes do incêndio ouviram disparos nas proximidades.

Ainda segundo a BM, Daniela cumpria pena domiciliar por tráfico de drogas. Ela também já tinha passagens pela polícia por roubo a pedestre.


Com informações do site: cliccamaqua