quinta-feira, 15 de abril de 2021

Mulher de 75 anos vivia em cárcere privado e em condições análogas à escravidão na zona oeste


 
Foto: Reprodução

Uma idosa de 75 anos que era mantida em cárcere privado foi resgatada por policiais civis nesta 3ª feira (13.abr) na Praia da Brisa, no bairro de Pedra de Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro. A dona da casa, identificada apenas como Terezinha, foi presa em flagrante.

Maria das Graças Souza Rodrigues, de 75 anos, foi encontrada magra, vestida trapos, sem condições de higiene e vivendo em condições análogas à escravidão. A família procurava por ela desde 1969, quando saiu do Maranhão para o Rio de Janeiro em busca de emprego.

Ao ser abordada pelos policiais, a idosa disse que não tinha a chave da casa e que a sua patroa não a deixava sair e falar com ninguém. A polícia investiga se a mulher que mantinha Maria das Graças presa também sacava a sua aposentadoria, já que a idosa sequer sabia que recebia o benefício.

A denúncia foi feita por vizinhos que suspeitaram da situação em que vivia a idosa, que se comunicaram com ela por uma fresta no portão de madeira. A dona da casa responderá por cárcere privado, redução À condição análoga à escravidão e maus tratos a animais.

Maria das Graças agora está com familiares e voltará a viver no Maranhão.

Com informações do site: sbt news