sábado, 10 de abril de 2021

Mulher descobre risco de câncer ao ser machucada por piercing do órgão do marido durante relação


 
Foto: Reprodução
Uma mulher descobriu que havia células cancerígenas em seu útero após ser machucada pelo piercing do órgão de seu marido durante a relação a dois. Na ocasião, o casal viajou para uma floresta, na tentativa de inovar na relação e sair um pouco da rotina.

A mulher, identificada como Cicely, contou que durante uma "rapidinha" no meio do mato sentiu uma ardência nas partes intimas, o que a deixou preocupada.

“Eu estava com muitas dores.  

Coloquei um DIU e estava sendo muito difícil de aguentar (a dor)”, explicou ela. "Mas quando ficou muito ruim, eu sabia que tinha que dizer algo a ele sobre isso."

O marido a levou às pressas para o pronto-socorro. Inicialmente, os médicos acreditaram que a sensação de queimação e a secreção eram um sintoma de gonorreia ou clamídia. A hipótese de infedelidade de seu parceiro foi cogitada, mas Cicely sabia que o problema não era esse. Foi quando os médicos perguntaram se ela era alérgica a alguma coisa.

Quando ela contou ao profissional sobre sua alergia à prata esterlina, então ocorreu a seu marido que a reação poderia ter sido causada por seu piercing no órgão do marido, que ele havia feito em segredo.

Ele explicou: "Quando nos conhecemos, Cicely me disse que era alérgica a prata e joias baratas e eu não achava que isso fosse verdade. Só pensei que ela queria as coisas boas, ouro, por exemplo."

Depois de fazer um exame pélvico, o médico decidiu fazer um ultrassom também para chegar à raiz do problema da mulher, e foi quando descobriu que seu DIU havia saído do lugar e causado uma infecção.

"O ultrassom não só revelou que eu tinha uma infecção, mas também mostrou que tinha pólipos que eram pré-cancerígenos", relembrou ela.

Além do mais, Cicely também tinha cistos nos ovários. O médico recomendou que ela fizesse uma histerectomia, já que havia um histórico de câncer na família.

"Eu teria continuado com minha vida [sem saber]", explicou ela. "As chances de eu ter câncer eram de 75% nos próximos um ou dois anos, então estou muito grata por ele ter feito o piercing."


Com informações do site: O Globo