terça-feira, 6 de abril de 2021

PM apreende armas e munições após filho ameaçar ‘acertar as contas’ com a própria mãe


 
Foto: Reprodução
Na noite desta sexta-feira (2), a Polícia Militar do Paraná realizou a apreensão de armas e dezenas de munições em uma casa no Jardim Iguaçu, na cidade de Maringá, norte do estado do Paraná.

De acordo com a PM, uma mulher teria entrado em contato e afirmado que seu próprio filho havia sido preso alguns dias atrás em Guaíra, após um surto psicótico. No momento em que foi preso, o rapaz portava uma pistola.

Segundo a mulher, ainda na sexta-feira (2), o mesmo teria ligado para ela e dito que já estava solto e retornando para Maringá para, segundo ele, “acertar as contas” com a mãe, tendo em vista que o rapaz descobriu que foi ela mesma quem acionou o Samu e a polícia para efetuar sua prisão.

Receosa com a ameaça recebida pelo filho, ela acionou a polícia e denunciou o material que o homem mantinha dentro de casa: uma quantidade surpreendente de armas e munições.

Policiais se dirigiram até o local e lá encontraram quatro armas de fogo de calibres 12, 22, 38 e 45, além de dois simulacros de pistola, quatro armas de pressão e por volta de 700 cápsulas de munição dos mais variados calibres.

Denunciando o próprio filho

Este não teria sido o primeiro caso de mãe que denuncia o próprio filho no estado. No dia 4 de novembro de 2020, uma mãe perdeu a paciência com o cheiro de maconha dentro de sua casa e acionou a Polícia Militar para o próprio filho, em Curitiba.

A denúncia foi feita de maneira anônima, porém, a mulher recebeu os policiais quando os mesmos chegaram ao local. “Ela permitiu a nossa entrada e disse que não aguentava mais o cheiro de maconha que vinha do quarto do filho”, disse o cabo Everson, do 13º Batalhão da PM.

Com informações do site: I7 News