quinta-feira, 1 de abril de 2021

Psicólogo de 65 anos é preso por estuprar criança durante consulta


 
Foto: Reprodução
Investigadores da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prenderam preventivamente um psicopedagogo de 65 anos acusado de estuprar uma de suas pacientes, de apenas 9 anos. O suspeito estava foragido desde 2019, quando o inquérito foi instaurado. Ele teria violentado a criança entre 2016 e 2018.

O abusador foi localizado em João Pessoa, na Paraíba, na terça-feira 30. O homem foi trazido da capital paraibana e já está na carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). De acordo com as investigações, o profissional se aproveitava da profissão para satisfazer seus desejos, beijando a boca e passando as mãos nas partes íntimas da vítima durante as consultas realizada em seu consultório, na Asa Norte.

Pela natureza do atendimento psicológico, os pais acompanhavam uma parte da consulta e, em outra, eram orientados a deixar a criança conversar sozinha com o profissional. Em razão da Lei de Abuso de Autoridade, a PCDF não informou o nome do detento.

O Metrópoles teve acesso, em primeira mão, aos detalhes da apuração.
Os policiais da DPCA realizaram um intenso trabalho de inteligência para encontrar o suspeito, que havia fugido para o Nordeste. A investigação apontou que o psicopedagogo abusou da menina ao longo de várias consultas.

Por Metrópoles