quinta-feira, 13 de maio de 2021

A GENTE NÃO ESCOLHE IRMÃO”, DIZ MÃE DE MENINO SUSPEITO DE SER ABUSADO PELO PRÓPRIO TIO


 
Foto: Reprodução
O Fórum Criminal de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, começou nesta quarta-feira (12), as audiências de instrução sobre o caso do abusador de Mandirituba. O jovem, de 26 anos, que está preso, foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por abusar e pelo menos sete vítimas, entre crianças e adolescentes.

Uma das vítimas do suspeito é o próprio sobrinho.
A irmã do indivíduo preso conversou com a equipe da RIC Record TV e declarou que não imaginava que isso poderia acontecer.

Nós não temos culpa do que ele fez, ele mexeu com muita criança, a gente não tem culpa do irmão que tem. A gente não escolhe irmão. A gente não escolhe família. E a gente jamais pensava que ele ia fazer isso”,

De acordo com as investigações, o suspeito oferecia benefícios para atrair as crianças.
Um advogado que representa famílias das vítimas, contou que no celular do jovem foram encontradas provas. “Esse cidadão trocava mensagem com os menores oferecendo vantagens, doces, brinquedos, celular, para que os menores fossem até a residência dele, onde ele cometia os abusos”, comentou o advogado Bruno Macedo.

Uma outra mãe, que teve dois filhos abusados, contou que o homem destruiu os sonhos dos pequenos.
A mulher ressaltou que as crianças contavam que gostavam de estar junto com o suspeito, pois ele oferecia trabalho e dinheiro.

“Foram sonhos destruídos, porque meu filho não é muito de se abrir quando converso com ele, mas eu sei, eu sinto que na cabeça dele ele não consegue confiar em mais ninguém”,

comentou a mulher.
Preso declarou que é inocente
Antes de ser preso, o suspeito contou que não cometeu crimes contra as crianças. Durante uma conversa com uma equipe da RIC Record TV, o jovem declarou que não fez nada.

“A única coisa que eu tenho que dizer é que eu não fiz nada, eu não quero saber de nada disso, porque eu só quero ir casar, quero ter minha própria família, minha mulher vai estar junto comigo, entende, e eu não quero saber”,

falou o suspeito.
Após a revelação dos casos, a noiva do suspeito anunciou a separação. “Vamos cancelar o casamento”, declarou.

O caso segue sendo investigado.

Com informações do site: ricmais