quarta-feira, 12 de maio de 2021

Bebê de 3 meses é intoxicada após tomar mamadeira com soda cáustica


 
Foto: Reprodução
Uma bebê de 3 meses deu entrada no Hospital Regional de Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, com suspeita de intoxicação por soda cáustica. O produto foi colocado em uma mamadeira pela própria avó que alega ter cometido engano. Também foi constatada a presença de bicarbonato. A Polícia Civil de Minas Gerais está investigando o caso.

O fato aconteceu na última quarta-feira (5), quando a bebê estava sendo cuidada pela avó. A mãe da criança disse em entrevista à NTV/Patos que havia deixado a filha aos cuidados da sogra.
Uma lata com a mistura do leite da menina também foi entregue à familiar.

Assim que voltou, ela encontrou a filha chorando e foi informada que a menina rejeitou a mamadeira. “Ao pegar minha filha ela estava chorosa e remoendo a barriguinha. Pensei que poderia ser cólica”, afirmou. Tudo foi descoberto quando a mãe recebeu a lata onde estaria a mistura para o leite da bebê.

“No que minha sogra devolveu [a lata], reparei o erro, pois não era a mesma que tinha dado para ela”. A mulher contou que a avó da menina tem o costume de pedir as vasilhas para guardar pó de café, dentre outras coisas.

“Coloquei a lata [do leite] no armário e ela ficou perto de uma que tem bicarbonato e soda que minha sogra usa para limpar o banheiro. Ela pegou por engano pensando que era do leite, pois estavam próximas umas da outras”.

A criança deu entrada na unidade de saúde da cidade, mas acabou sendo transferida para o Hospital João 23, em Belo Horizonte, na quinta (6). Ela foi submetida à endoscopia infantil que constatou a ingestão de 50 ml da mamadeira com soda cáustica e bicarbonato, conforme informado pela NTV/Patos.

A avó da bebê disse que o ocorrido não foi planejado e que jamais faria mal para a própria neta. “Não sei o que aconteceu. Foi um distúrbio, pois as latas estavam perto”, disse em defesa.
A nora acredita na versão da sogra. “É uma avó muito amorosa. Ela ficou desesperada no momento, pois ela [bebê] chorava e gritava”.

Investigação

Apesar das alegações de inocência, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais.
A corporação informou ao BHAZ que o Conselho Tutelar de Patos de Minas acionou os policiais e repassou as informações do ocorrido.

“A PCMG instaurou um Inquérito Policial para apurar os fatos. Os familiares da criança serão ouvidos nos próximos dias. As investigações seguem em andamento a cargo da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa”, afirmou em nota que pode ser lida na íntegra abaixo.

A Polícia Civil de Minas Gerais recebeu do Conselho Tutelar de Patos de Minas a informação de que uma criança de três meses teria sido atendida, na quarta-feira (5/5), no Hospital Regional com suspeita de intoxicação por soda cáustica, após ter ingerido líquido em uma mamadeira.

 Na quinta-feira (6/5), a criança foi transferida para a cidade de Belo Horizonte. A PCMG instaurou um Inquérito Policial para apurar os fatos. Os familiares da criança serão ouvidos nos próximos dias. As investigações seguem em andamento a cargo da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa”.


Com informações do site: BHAZ