terça-feira, 4 de maio de 2021

Boxeador é acusado de matar amante grávida


 
Foto: Reprodução
Um atleta de boxe está preso acusado de matar a amante grávida. Porto-riqueno, Félix Verdejo se entregou para as autoridades de San Juan em meio às suspeitas de ser o assassino de Keishla Rodríguez. O corpo da vítima foi encontrado no domingo (2), após ela ser dada como desaparecida na quinta-feira da semana passada (29).

Segundo a polícia, Verdejo teria injetado uma substância no corpo da amante, prendido seus braços e suas pernas com arame e depois a amarrado a um bloco de concreto para que ficasse no fundo de um lago de San Juan.
O boxeador e seus representantes legais ainda não se pronunciaram publicamente.

A ação de Verdejo no alto de uma ponte, antes de jogar o corpo no lago, teria sido testemunhada por uma pessoa que procurou a polícia e apontou o boxeador como responsável pelo crime. A mulher assassinada é amiga de infância do boxeador e a mãe dela disse que ela estava grávida do atleta.

A mãe da vítima disse que o boxeador não queria que a filha dela tivesse o filho, temendo as consequências para seu casamento e para sua carreira. A mãe de Keishla Rodríguez disse ainda que sua última conversa com a filha foi pouco antes dela desaparecer. Keishla teria informado a mãe, por telefone, que Verdejo iria à casa dela para que ele visse o resultado do exame confirmando sua gravidez.

Com informações do site: O Liberal