domingo, 2 de maio de 2021

Casal é preso por oferecer filha para ser estuprada em troca de dinheiro


 
Foto: Reprodução
A Polícia Civil do Maranhão prendeu um casal suspeito de oferecer a filha de 11 anos para que ela fosse estuprada em troca de dinheiro. O caso ocorreu na zona rural de Buriti Bravo, cerca de 500 km de São Luís. O suspeito de estuprar a criança também foi preso.

De acordo com o delegado Carlos Eduardo, titular da delegacia do município, as investigações tiveram início depois que a Polícia Civil (PC) foi informada do fato, no dia 16 de abril, por meio do Conselho Tutelar, dando conta deste suposto abuso e estupro.

Ainda segundo o delegado, os próprios genitores da vítima a levavam para a residência do autor do crime, onde a violência sexual era cometida. “Eles entregavam a filha para o estuprador em troca de dinheiro, para o consumo de bebida alcóolica”, disse Calos.

Além da vítima dos abusos, morava na residência do casal outras cinco crianças, entre 9 e 2 anos, que também eram vítimas de maus-tratos e abandono por parte dos pais. Há suspeitas de que elas também foram aliciadas e, por este motivo, as investigações continuam em andamento.

Os três mandados de prisão temporária foram cumpridos pela 12ª Delegacia Regional de São João dos Patos, através da Delegacia de Polícia de Buriti Bravo. As prisões aconteceram no povoado Juçara, zona rural de Buriti Bravo.

*Com informações de Agências