quinta-feira, 27 de maio de 2021

Cliente reage a assalto e é morto com tiro na cabeça


 
Foto: Reprodução
O cliente de uma lanchonete morreu durante um assalto na noite de terça-feira (25) em Cariacica, na Grande Vitória.

O jovem Gustavo Braz Raimundo, de 19 anos, havia ido ao local comprar churros.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens em uma moto - um deles carregando uma mochila de entregador - se aproximaram do motoboy da lanchonete que havia chegado de uma entrega e anunciaram um assalto.

Testemunhas contaram que Gustavo estava próximo do motoboy e também foi rendido. Porém, para tentar escapar, ele correu. O criminoso que estava de carona da moto atirou contra o jovem e o atingiu na cabeça.

Após o disparo, o criminoso que atirou tomou a moto do motoboy e fugiu, acompanhado do parceiro em outra moto.

O corpo de Gustavo foi levado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

Segundo crime
Cerca de 40 minutos depois, o criminoso que atirou contra Gustavo teria participado de outro crime, dessa vez um assalto a uma lanchonete de açaí, no bairro Santana, também em Cariacica.

Testemunhas contaram que o bandido chegou de moto ao local. Ele estava armado com revólver e apontou a arma para clientes fazendo ameaças. O dono do estabelecimento estava armado com uma pistola e reagiu ao roubo.

O criminoso atirou contra o proprietário da lanchonete, que revidou aos disparos. Houve troca de tiros e um cliente e o criminoso foram feridos por tiros.

O assaltante é um adolescente de 17 anos, que foi atingido no braço direito e socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória. Ele está sob escolta policial.

Já o cliente, de 23 anos, foi levado pelos policiais militares do 7º Batalhão para o pronto atendimento de Alto Lage e, posteriormente, encaminhado para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha. Ele estava com uma bala alojada no braço.

O caso será encaminhado para a Divisão de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP).

Com informações do site: G1