sexta-feira, 21 de maio de 2021

Lavrador morre ao confundir líquido com cachaça


 
Foto: Reprodução
O lavrador Firmino Gomes de Sousa, 48 anos, veio a óbito na última terça-feira (18) depois de beber um líquido que ele achava ser cachaça. A garrafa com o líquido desconhecido foi encontrada próxima a uma caieira. O caso ocorreu no interior de Campo Largo do Piauí, cidade a 170 km de Teresina-PI.

De acordo com a polícia, o homem foi ao local com uma vizinha para buscar carvão, quando encontrou a garrafa em uma cabana de palha. Ainda segundo a corporação, a vítima cheirou o composto e sentiu o odor etílico. O lavrador pensou que se tratava de uma garrafa de cachaça e bebeu o conteúdo do recipiente.

Após alguns minutos, ele sentiu tremores no corpo e disse que a visão estava embaçando. Nesse momento a mulher que o acompanhava saiu para buscar socorro.

Ao retornar, a vizinha e outras duas pessoas que foram ao local para ajudar já encontraram Firmino morto. O Instituto Médico Legal, a Polícia Militar e a Polícia Civil foram acionadas.
Segundo a polícia o corpo do lavrador, assim como o líquido, serão periciados. A principal suspeita é de que o conteúdo da garrafa seja um inseticida, deixado pelo dono do terreno para controlar pragas que atacam plantações.

Com informações do site: Times Brasília