terça-feira, 4 de maio de 2021

Mãe e filha são assassinadas a tiros em pontos diferentes da cidade


 
Foto: Reprodução
Mãe e filha foram assassinadas a tiros em intervalo de dez minutos nesta terça-feira (4) em Ponta Porã, cidade a 323 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. A suspeita é que as duas execuções tenham sido praticadas pelo mesmo criminoso.

A filha, identificada até agora apenas como Analia, foi morta em frente ao Hospital Regional, a Rua Baltazar Saldanha. Ela estava em uma moto Honda Biz e foi executada com tiros na cabeça.

Enquanto o corpo de Analia ainda estava na calçada, o atirador foi até a loja 2 do Supermercado Sol, localizado na Avenida Urumbela, na Vila Maria Auxiliadora, a 1,1 km do hospital.

No local, o criminoso matou a mãe de Analia, ainda não identificada. A mulher trabalhava no setor de feira do mercado e arrumava as gôndolas quando foi alvejada a tiros na cabeça. A polícia ainda não tem detalhes dos dois assassinatos.

Apesar de a cidade, assim como a vizinha Pedro Juan Caballero, enfrentar onda de assassinatos ligados ao crime organizado, no caso da dupla execução de hoje a principal suspeita é de crime passional. 


Com informações do site: Campo Grande News