terça-feira, 11 de maio de 2021

Mulher é hospitalizada após relação: 'quatro horas de prazer'


 
Foto: Reprodução

Uma mulher, identificada como Liz, revelou que precisou de atendimento médico por excesso de prazer. Ela teve relações com o parceiro e teve um orgasmo quase "sem fim", de quatro horas. A situação foi relatada em um livro e durante uma participação em um programa de televisão. As informações são do jornal Mirror. 

"É uma experiência muito desgastante física, emocional e mentalmente", afirmou Liz.

Ela também contou que depois do ocorrido passou a ter orgasmos regulares sem estimulação.
"Inicialmente, era como depois do ato, e então cheguei ao ponto em que eu estaria fazendo qualquer coisa - assistindo TV, andando na rua - e eu teria um orgasmo do nada. Eu teria até 12 orgasmos prolongados espontâneos em um dia", detalhou Liz, que precisou de prescrição para fazer uso de medicação anticonvulsiva para controlar a situação. 

Liz afirmou que se tornou dependente dos remédios para ter uma vida normal e que precisou de um tempo para normalizar tudo. 

"Cheguei ao ponto em que os tomava apenas diariamente, e depois os tomava apenas dia sim, dia não, e então era cerca de uma vez por semana, e então talvez fosse cerca de uma vez por mês.
Demorou cerca de quatro, talvez cinco meses antes que eles estivessem completamente sob controle", acrescentou. 

Com informações do site:  ibahia