segunda-feira, 3 de maio de 2021

Polícia recebe denúncia de trabalho escravo, mas fecha padaria por falta de higiene


 
Foto: Reprodução
Rio - Policiais da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) interditaram, nesta sexta-feira, uma padaria em Santa Cruz. O estabelecimento foi fechado devido à falta de higiene no local, por conter produtos impróprios para consumo, não possuir alvará para funcionamento e não registrar os funcionários. O padeiro e o proprietário foram presos em flagrante.

A polícia chegou até ao local para checar denúncias de trabalho escravo infantil. Na padaria, não foram encontradas crianças trabalhando na situação denunciada, mas a falta de higiene levou à interdição. Os nomes da padaria e dos presos não foram informados pela Polícia Civil.
A Polícia Civil não descarta a possibilidade de o estabelecimento pertencer à milícia que atua na região. Os fatos foram informados ao Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) para posterior investigação.

Com informações do site: Meia Hora