terça-feira, 11 de maio de 2021

População mete a porrada em suposto pastor que se tocava de calcinha dentro de carro


 
Foto: Reprodução
Brasil – A Polícia Militar foi acionada no fim da tarde desta última sexta-feira (07), para atender uma ocorrência de lesão corporal na região do Lago Cabrinha, na zona norte de Londrina, no Paraná. O local é frequentado por muitas mulheres e crianças que caminham no entorno do lago.

Chegando no local, os policiais encontraram um homem de 59 anos, muito machucado com ferimentos na cabeça e no rosto. Ele não soube dizer quem lhe agrediu nem o motivo.

Os policiais acionaram o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergência (Siate) que prestou socorro ao homem que foi encaminhado estável ao hospital.

Moradores da região filmaram o momento que o homem usando vestindo uma calcinha e com o órgão genital de fora foi pego e apanhou. Os moradores o ameaçaram falando que “jack não tem vez” na comunidade, afirmando que o homem é um estuprador.

De acordo com informações repassadas pela polícia, em 2017 o mesmo homem foi denunciado que estaria se tocando no Jardim Bandeirantes em Londrina. Naquela ocasião o homem foi abordado e negou a acusação. Como não havia testemunhas e o fato não foi constatado pelos PMs, apenas o boletim de ocorrência foi lavrado.

Um detalhe que chamou a atenção é que com o homem foi encontrada uma carteirinha o qual o identifica como pastor de uma igreja.

Com informações do site: Portal CM7