domingo, 30 de maio de 2021

Por que você nunca deve descansar a cabeça na janela do avião


 
Foto: Reprodução

Em uma viagem de avião, por mais que alguns adorem sentar no assento do corredor, ainda há muitos que preferem voar na poltrona da janela. Entre os motivos está a liberdade de olhar a incrível paisagem da natureza no céu durante o trajeto, e até mesmo ter algo sólido para se encostar no caso de uma soneca.

Contudo, a comissária de bordo americana Linda Ferguson, que trabalha como tripulante de cabine há 24 anos, alertou que você não deve nunca encostar a cabeça na janela do avião.
O motivo? Limpeza.

“Se houvesse uma luz negra e eles pudessem iluminar um avião com todos os germes, acho que isso deixaria todo mundo sem reação”, disse a comissária durante uma entrevista à revista Reader’s Digest.

Dormir na janela do avião

As companhias aéreas defendem que seus aviões são limpos e etc, mas você confiaria 100%? E isso é muito importante, pois é ali onde as pessoas tossiram, espirraram, tocaram com as mãos, cabelo, rosto… E então vamos apoiar nosso rosto nisso? Não parece uma ideia muito boa…

Para amenizar esse problema, Ferguson sugere que os passageiros levem seu próprio lenço antibacteriano, assim fazendo antes da decolagem uma higienização na janela do avião com tudo que sua pele possa entrar em contato. Isso inclui não apenas a janela, mas toda a parte da sua “parede” do avião, além de encostos de braço e cinto de segurança.


Mas não é apenas com as janelas que você precisa se preocupar. As bandejas também são frequentemente citadas como um dos lugares mais sujos do avião, pois raramente são limpas entre os voos. As pessoas não apenas comem nelas, mas há passageiros já foram pegos usando como trocadores para seus bebês ou até colocando os pés descalços sobre elas!

“As bandejas são nojentas. Não consigo nem lembrar quantas vezes vi bebês trocados, pessoas vomitando, pessoas sangrando nelas… As mesas devem ser limpas todas as noites, mas eu não colocaria coisas de comer diretamente nelas, de jeito nenhum!”, disse a comissária.


Com informações do site:  Melhores Destinos