sexta-feira, 28 de maio de 2021

Sem telhado e energia, aluno deixa aula online para cobrir a casa com lona durante a chuva


 
Foto: Reprodução
Atualmente, por conta da pandemia mundial de coronavírus, as aulas se tornaram remotas e acontecem ao vivo pela internet. Os professores ficam responsáveis por preparar o material e os alunos entram na transmissão online no horário correto para se atentar aos assuntos. Mas, em uma dessas aulas uma professora ficou em choque ao descobrir as condições em que seu aluno estava vivendo.

Menino vivia em uma casa sem teto
Lucas é morador da cidade de Sarandi, norte do estado do Paraná, o menino de 12 anos estava assistindo sua aula online quando pediu licença à professora para ajudar sua mãe a cobrir a casa com a lona, pois o dia estava nublado e começava a chover forte.

A professora permitiu que o aluno saísse e continuou sua aula. Mas depois, através do relato de uma coordenadora pedagógica, descobriu a verdadeira situação da família de Lucas. O menino se mudou para a cidade há 3 meses com os pais e irmãos. Com o pouco dinheiro que tinham, só conseguiram levantar as paredes da casa. A casa ficou sem teto e em dias de chuva a família improvisava com o uso de uma lona para impedir que as coisas ficassem molhadas. Além disso, a casa não tem energia elétrica e também não possui móveis.

A mãe do menino está com câncer
A mãe do menino, Licelia Rodrigues, contou que faz de tudo para que os filhos possam estudar. Para conseguir ter acesso à internet, a mulher contou que o filho carrega o telefone na casa da avó e fica em um canto da casa onde é possível ter o sinal do Wi-Fi de um vizinho.

Além das dificuldades financeiras, a família também enfrenta problemas de saúde graves. A mãe do menino está lutando contra um câncer e o pai possui diabetes e também está com hanseníase.

A professora se solidarizou com a situação da família e fez uma postagem nas redes sociais onde contou a história de seu aluno e conseguiu doações para ajudar a família. Ela conseguiu telhas para a casa e já providenciou a instalação de um poste de luz para que a família pudesse ter energia elétrica. 

Com informações do site: I7News