sábado, 26 de junho de 2021

Como lidar com a fadiga excessiva depois de ter contraído Covid-19


 

O cansaço excessivo é um dos sintomas mais reclamados por pessoas que foram acometidas com Covid-19.
A maior parte das pessoas que já foram contaminadas com Covid-19, independentemente do grau de agressividade da doença, reclamam de muito cansaço. A fadiga pode durar apenas durante o período da doença, como há casos de quem continua com o sintoma até seis meses após ter desenvolvido Covid.
Apesar de uma doença local de Wuhan, na China, ter se tornado pandêmica há mais de um ano, ainda não há respostas claras sobre os sintomas e sequelas da Covid-19, bem como não existe um medicamento ou tratamento específico para todos os casos, mas é possível saber o que fazer ao apresentar fadiga prolongada, mesmo após se curar da doença causada pelo novo coronavírus.

Veja algumas dicas de como lidar com a fadiga excessiva após contrair Covid-19:
Melhora gradual

Quando esse cansaço não está acompanhado de outros sintomas e não fere a qualidade de vida do paciente, é bem provável que a melhora seja gradual e natural, sem necessidade de qualquer intervenção. Se perceber uma piora, busque ajuda médica. Se possível, procure não fazer grandes esforços enquanto se recupera, como faxinas e corridas, assim, sentirá menos o cansaço.
Procure um médico de confiança
Caso o cansaço seja muito excessivo, venha acompanhado de outros sintomas, como dificuldade para respirar, ou esteja demorando muito para desaparecer, busque amparo de um médico. O ideal é que procure por um cardiologista ou clinico geral. Buscar amparo médico nestes casos mais complexos é importante, pois muitas vezes a causa dessa fadiga é o acometimento cardíaco ou pulmonar como sequela da Covid-19.

Fibrose pulmonar e cardíaca são as causas mais comuns.
Em alguns casos, a pessoa não precisou buscar ajuda médica durante o tempo em que esteve contaminado, mas acabou obtendo sequelas que precisam ser tratadas para não se tornar algo mais grave.

Faça exames de sangue

Os exames podem ser solicitados por um médico, como você pode fazer direto em um laboratório desses que não exigem guia assinada pelo médico. São exames de sangue para verificar o nível de vitaminas no corpo. Em alguns casos, pacientes podem descobrir ter adquirido alguma deficiência vitamina ou mineral temporária e que ao trata-la, o cansaço vai embora junto. Desordens hormonais também podem ser a causa do cansaço excessivo.

Há casos de quem desenvolveu tal problema após a doença, bem como de quem já tinha essa condição prévia a Covid-19, mas a mesma só se desenvolveu ou conferiu sintomas após a enfermidade viral.

Tenha uma alimentação saudável

É fato que uma pessoa com uma dieta saudável não só adquire menos problemas de saúde, como se recupera melhor deles. Por isso, corte o fast food, bebidas alcoólicas e alimentos ultra processados do cardápio. Aproveite e beba muita água. Um corpo bem hidratado se recupera mais rápido das mais variadas condições físicas. Além disso, caso o problema seja hormonal ou vitamínico, uma alimentação regrada contínua resolverá o problema.

Com informações do site: i7news
Com informações do site: