terça-feira, 8 de junho de 2021

Filho de vereadora é acusado de estuprar ex-cunhada e agredir ex-namorada


 
Foto: Reprodução

Os pais de uma jovem de 16 anos prestaram queixa contra o ex-namorado da menina, suspeito de agredi-la e de estuprar a irmã dela, de 13 anos de idade. O caso aconteceu em Corumbá de Goiás (GO) e está sendo investigado pela polícia.

De acordo com os pais, ao Jornal Anhanguera, o ex-namorado os esperava sair para trabalhar para pular o muro. Segundo a mãe, a menina mais nova era assediada pelo menor de idade: “Tava falando coisas pra ela, passando a mão nela. E pedindo beijo pra ela, falando que não era pra ela contar pra ninguém, não era pra contar pra irmã dela, que ele terminaria o namoro”, conta.

Sobre a filha mais velha, de 16 anos, ela afirmou: “Ela estava sendo espancada, e a gente não sabia.” Foi uma colega da menina que soube da situação e informou os pais da vítima. Imagens mostram hematomas da menina violentada pelo ex-namorado e um áudio registra um momento de agressão.

No áudio gravado para a amiga, a jovem diz chorando: “Por favor, não me bate!”. Quando o agressor diz “me empresta esse celular aqui!”, ela responde: “Você não vai pegar meu celular não.”

De acordo com a delegada responsável pelo caso, o suspeito e sua mãe, uma vereadora, já foram intimados a depor: “Se confirmado, ao final do procedimento, ele vai responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável”, afirma a agente da Polícia Civil.

Com informações do site: Times Brasília.