sábado, 26 de junho de 2021

Passageiro é preso com 'super maconha' em ônibus na BR-116 em Feira de Santana



Foto: Reprodução

Polícia Rodoviária Federal (PRF) segue combatendo a criminalidade e mais uma apreensão de drogas foi registrada pela PRF BA na noite desta quinta-feira (24). Um homem foi preso.

A equipe fiscalizava na altura do quilômetro 429 da BR 116, trecho de Feira de Santana, quando deu ordem de parada a um ônibus de viagem que seguia de São Paulo (SP) com destino a Natal (RN).

No bagageiro externo, os cães farejadores Kora e Regis indicaram a presença de drogas em uma mala. Dentro dela, foram encontradas 300g de skunk. O produto ilícito estava envolto em plástico e com uma mistura de naftalina utilizada para disfarçar o forte odor da droga e despistar policiais ou cães farejadores em caso de fiscalização.

Um homem de 28 anos foi identificado como proprietário da bagagem. Questionado, ele, que reside em Boca da Mata (AL), relatou que é usuário e a droga seria para consumo próprio.

Dadas as circunstâncias, o passageiro foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária, pelo crime previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006 que tem pena prevista de 5 a 15 anos de prisão.

O skunk (gambá, em português) tem odor mais forte. É uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha, chegando a ser considerada como uma “super maconha”. Por ser feita a partir da própria maconha, essa droga possui os mesmos efeitos, porém potencializados: palidez, excitação, risos, depressão ou sonolência, aumento de apetite por doces, olhos avermelhados, dilatação das pupilas e alucinações.

Com informações do site: acordacidade