segunda-feira, 21 de junho de 2021

Preso por mortes em creche, Fabiano Mai diz o que mudou em sua vida e causa surpresa


 
Foto: Reprodução
Fabiano Kipper Mai, homem de 18 anos que invadiu creche na cidade de Saudades, em Santa Catarina, no dia 4 de maio, e matou cinco pessoas está preso em Chapecó e se prepara para o julgamento que ainda não tem data marcada para ocorrer.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por cinco homicídios e 14 tentativas de homicídios. A defesa trabalha com a tese de crime continuado, o que o faria responder por apenas um homicídio acrescidos de dois terços.

O advogado Demetruis Eugênio Grapiglia deu entrevista ao ClicRDC (assista abaixo) há alguns dias e falou sobre o seu cliente. Questionado sobre como Fabiano Mai reage ao saber que pode pegar muitos anos de prisão, o advogado afirmou que o suspeito age de forma indiferente.

“Ele está indiferente com a situação, tipo estar presou ou estar em liberdade. Eu perguntei pra ele: ‘o que que mudou na vida tu teres vindo pra cá, pro presídio?’. ‘Minha vida não mudou absolutamente nada’. Então a conclusão a que eu chego: o Fabiano vivia numa prisão. A vida dele era uma prisão e ele simplesmente trocou de ambiente”, disse o advogado. 

Fabiano Mai foi preso após invadir creche e matar cinco pessoas
Com pouco menos de 10 mil habitantes, Saudades viveu uma manhã de terror no dia 4 de maio. Armado com faca, Fabiano invadiu a escola pró-infância Aquarela e fez cinco vítimas fatais – duas professoras e três crianças menores de dois anos. Fabiano tentou tirar a própria vida, foi impedido, socorrido e levado ao hospital, onde ficou alguns dias internado.


Com informações do site: i7news