quinta-feira, 8 de julho de 2021

Após doações “estou feliz”, diz mãe de crianças encontradas em situação precária


 
Foto: Reprodução
A dona de casa de 25 anos, mãe das crianças encontradas sozinhas e trancadas dentro de casa por volta das 17h de segunda-feira (dia 5), no Jardim Noroeste, recebeu várias doações de roupas, sapatos e mantimentos. “Estou feliz, estão me ajudando muito”, contou.

Ela disse que desde ontem vem recebendo bastante coisa. Equipes de policiais militares que atenderam a ocorrência também se juntaram e conseguiram alimentos, colchão e roupas para a família. “Até a PM ajudou a gente'', contou a jovem.

Ontem de manhã, reportagem do Campo Grande News mostrou a situação precária em que a família vive com quatro crianças, com idades entre 6 meses e 9 anos. O caso veio à tona depois que elas foram encontradas pela Polícia Militar sozinhas e trancadas dentro de casa, por volta das 17h.

Segundo os vizinhos, as crianças estavam sozinhas desde cedo. Grávida de 6 meses, a mulher foi levada à delegacia, autuada por abandono de incapaz e para ser liberada ainda teve de pagar fiança de R$ 360. Hoje à tarde, ela ia à polícia prestar outro depoimento.

A jovem disse que deixou as crianças sozinhas porque precisava ir ao cartório buscar a certidão da bebê e atualizar o CPF nos Correios. O marido dela havia saído de manhã para ir trabalhar.

 “Nunca tinha feito isso. Mas ontem precisei sair e não tinha com quem deixá-los. Os vizinhos não gostaram e chamaram a polícia. Se eu pedir para alguém cuidar, ninguém quer ajudar”, disse. Durante atendimento à ocorrência, a PM encontrou uma situação precária na casa de 4 cômodos. Não havia alimentos na geladeira, nem nas panelas.

Com informações do site: campograndenews