sábado, 3 de julho de 2021

Atitude de esposa de Lázaro durante velório restrito chama atenção dos presentes


 
Foto: Reprodução
O corpo de Lázaro Barbosa de Sousa, morto na última segunda-feira 28 após 20 dias foragido da polícia de Goiás, foi sepultado na tarde desta quinta-feira 1º.

A cerimônia de despedida teve a presença de apenas familiares mais próximos, mas os pais do homem de 32 anos não foram se despedir.

O local não foi divulgado a pedidos da família. Helen, a esposa de Lázaro, ficou muito emocionada e, sem parar de chorar, passou os 30 minutos debruçada sobre o caixão. “Obrigada por tudo. Você foi um pai maravilhoso. Eu te amo tanto. Não precisava”, dizia ela aos choros.

Além de Helen, estiveram presentes no local a filha do casal, Amélia (tia de Lázaro), a sogra do homem e seu cunhado.

Já Luana, a ex-mulher, com quem ele tinha um filho de três anos, optou por não comparecer à cerimônia por estar grávida de três meses e considerar que o evento seria muito forte para ela.

Apesar dos danos causados pelos disparos, Lázaro estava em um caixão aberto e, com a maquiagem, sua aparência se assemelhava à das fotos pelas quais seu rosto se tornou conhecido no país.

O sepultamento foi custeado por Wesley Lacerda, advogado procurado pela família antes de Lázaro ser morto, que se compadeceu da situação dos familiares.

O pagamento foi um acordo entre Lacerda e um dos diretores responsáveis pela funerária que realizou o serviço. Ao fim da cerimônia, Helen agradeceu à funerária. Ela pediu que os jornalistas presentes não gravassem imagens do sepultamento. Ninguém quis se manifestar.