quarta-feira, 28 de julho de 2021

Casal suspeito de executar homem a tiros na Baixada Santista é preso em São Paulo


 


Foto: Reprodução
Polícia Civil esclareceu homicídio e prendeu homem e mulher suspeitos de participação em Itanhaém.

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais de Itanhaém (DIG) deram cumprimento, na tarde desta terça-feira (20), ao mandado de prisão temporária contra um homem de 47 anos e uma mulher de 43 anos apontados pela investigação como mandantes do homicídio que vitimou fatalmente Marcos Coelho da Silva em 2 de junho deste ano.

No dia do crime, um veículo passou pela porta da vítima e efetuou quatro disparos que acertaram Marcos, o qual foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A investigação da Delegacia especializada conseguiu identificar o veículo utilizado, sendo de propriedade da suspeita presa hoje.

Um mandado de busca e apreensão foi concedido para o endereço do casal, situado em São Paulo. Nas buscas realizadas no imóvel dos investigados, foram localizadas duas armas de fogo carregadas.

Diligências de campo e pesquisas nos bancos de dados de inteligência policial apontam o casal como mandante do crime, assim como, indicaram que eles prestaram auxílio material ao guardar as armas de fogo utilizadas no homicídio. Além disso, a investigação também descobriu que o motivo do crime seria um suposto furto sofrido pelo casal na casa de veraneio, situada em Itanhaém.

Demais ações de campo estão sendo tomadas para identificar todos os envolvidos. Os suspeitos foram ouvidos e conduzidos ao sistema penitenciário. Informações que auxiliem as investigações podem ser realizadas de forma anônima através do telefone 181.


Com informações do site: isnportal