segunda-feira, 19 de julho de 2021

Cid Moreira se envolve em polêmica após deserdar filho: ‘foi um erro adotá-lo’


 
Foto: Reprodução

Filho adotivo do jornalista de 93 anos, Roger Moreira, fala sobre o trauma e como perdeu tudo.
O apresentador Cid Moreira, de 93 anos, enviou uma carta ao filho Roger Moreira, informando que ele foi deserdado, perdendo qualquer direito à herança. Roger revelou nesta terça-feira (12), ao programa “Balanço Geral”, da Record TV, que se sente mal pelo pai ter dito que foi “um engano adotá-lo”.

Em entrevista exclusiva à Fabíola Reipert, Roger falou pela primeira vez sobre a briga com o pai. O cabeleireiro mostrou a carta enviada pelo pai para avisá-lo de que não fazia mais parte de seu testamento. No texto, ele citou que Roger ameaçou processá-lo na Justiça do Trabalho por causa dada por ele a trabalhos de locução.

“Você continua sendo meu filho adotivo porque não consegui reverter a adoção (…). Eu fiz um documento e deserdei você. Escrevi de próprio punho e assinei. Juntei pareceres de profissionais da saúde para provar que não estou senil. Foi um engano te adotar. Fico feliz em saber que você está sendo capaz de se manter”, escreveu Cid.

Roger contou que está processando o próprio pai. “Falar que vai deserdar o filho gera um trauma, tanto que passei um bom tempo da minha vida precisando de medicamentos para conseguir me estabilizar e ressurgir de novo depois de todo esse baque”, revela.

“Tudo me foi retirado. O apartamento em que eu morava, o estúdio que eu trabalhava, que era para o meu futuro, foi alugado e vendido. Os trabalhos, fui demitido de todas as empresas. Então, fui desligado de tudo”, conta Roger, que trabalhava com o pai.

Sobrinho da ex-esposa de Cid, Roger foi adotado pelo ex-apresentador do Jornal Nacional após passar um período de férias na casa dos tios.

Com informações do site:  F7