domingo, 18 de julho de 2021

Corpo de homem que estava desaparecido é encontrado, jogado em rio


 
Foto: Reprodução

Na noite de ontem, uma moradora do bairro Orleans, em Vilhena, registrou na polícia o desaparecimento de seu marido, que no dia anterior havia saído de casa para trabalhar numa fazenda que fica na BR 174, sentido Juína (MT) e, desde então, não dava mais notícias.

Através de grupos no WahtsApp, a foto do desaparecido, identificado como Odair César Viana, de 39 anos, foram feitos pedidos para ajudar na localização dele.

Repórter policial que presta serviços ao jornal, o professor Claudemir Sabino obteve a primeira pista de que Odair teria sido assassinado: na noite de terça-feira, 13, um motorista de aplicativo teria visto uma pessoa jogando terra sobre a ponte do rio Pires de Sá, na Linha 135, próximo à área rural de Vilhena.

Dispondo da localização dada pelo motorista, Sabino foi até a ponte e constatou que a terra que havia sido jogada pelo provável assassino do trabalhador era para encobrir o sangue dele.

Dentro do rio, Claudemir achou um tapete e o capacete da vítima, que estava caído, ao lado da moto Honda Biz que pilotava debaixo da ponte.

Após confirmar que o homem imerso na água era o mesmo que estava desaparecido, Claudemir acionou as polícias Civil e Militar que, estão, neste momento, no local onde o cadáver foi localizado.

Com informações do site: FOLHA DO SUL.