segunda-feira, 5 de julho de 2021

Diretor de presídio em Niterói é suspeito de usar carro oficial para entrar em lugar inusitado


 
Foto: Reprodução
Rio - A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) informou que vai exonerar o diretor Anderson Teixeira, do Instituto Penal Edgar Costa, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ele foi denunciado após o carro oficial ter sido flagrado entrando em um local da cidade. O órgão vai investigar se o veículo era usado por ele ou por outro servidor.

Em entrevista à TV Globo, Anderson negou a acusação. O MH entrou em contato com a Seap, que classificou como 'inadmissível' que um carro oficial seja usado para tal prática.
Além da exoneração do cargo, ele irá responder em processo administrativo.

"A Seap ressalta que repudia qualquer irregularidade cometida por seus servidores e esclarece que iniciará uma investigação rigorosa para apurar os fatos".

O denunciante, que estava em um motocicleta e perseguiu o veículo com uma câmera no capacete, garante que o carro é usado todas as quartas-feiras, por volta das 12h, para entrar no local, na Rua Marechal Deodoro, no Centro de Niterói, onde permanece por horas.

O homem que faz o flagrante afirma que o condutor é o diretor Anderson Teixeira.

A distância entre Instituto Penal Edgar Costa e o local é de aproximadamente cinco quilômetros. Segundo o denunciante, as entradas no local eram em horários de trabalho do diretor. 

O secretário de Administração Penitenciária, Raphael Montenegro, disse que o caso também será encaminhado à Corregedoria.

“As consequências serão a exoneração e o encaminhamento do caso à Corregedoria”, disse Montenegro, em entrevista à TV Globo.

Com informações do site: Meia Hora