quinta-feira, 8 de julho de 2021

Ex-vereador é preso pela Polícia Civil suspeito de matar e enterrar amante em cova na sua própria chácara


 
Foto: Reprodução
A Polícia Civil continua com as buscas na propriedade de um ex-vereador de Ji-Paraná que foi preso temporariamente na manhã desta quinta-feira, na tentativa de localizar o corpo de Edilene Vieira da Silva, que está desaparecida desde o dia 13 de abril, de sua residência, no Bairro Capelasso, quando se preparava para se mudar – segundo ela deixou informado em seu celular e para pessoas próximas – para a chácara do investigado onde havia sido construída uma nova residência.


A Operação da Polícia Civil denominada MENDAX, desencadeada pela Delegacia Especializada na Repressão a crimes de extorsões, roubos e furtos (DEIF) conta com a participação de 25 policiais e os delegados Julio Cesar de Souza Ferreira e Thiago Flores, que também se encontram na chácara onde se concentram as buscas para encontrar elementos de provas de materialidade e autoria de prováveis crimes que ocorreram.


Mergulhadores do Corpo de Bombeiros fazem buscas na represa da chácara, mas a Polícia Civil localizou um fosso recentemente aterrado próximo a uma cerca de arame farpado com tela, com aproximadamente 3 metros de profundidade e com o emprego de uma retroescavadeira está retirando a terra do buraco aterrado.


A reportagem do site tentou conversar com os delegados que não quiseram se manifestar, por enquanto, tendo em vista que a máquina apresentou problemas, e a operação ainda está em curso.


As autoridades policiais também não se posicionaram a respeito do aterramento encontrado na chácara, nem afirmaram se há indício de que haja um corpo naquela vala profunda.

O desaparecimento de Edilene ainda é um mistério, embora no bairro onde ela residia, e também na Congregação que frequentava, o assunto sempre foi discutido entre os moradores. Todavia, por medo ou receio, todos aguardavam por uma ação da Justiça para tentar elucidar o desaparecimento da mulher de 29 anos.



Com informações do site: JORNAL CORREIO DO VALE