segunda-feira, 19 de julho de 2021

Homem é executado a tiros; baleado, amigo se embrenhou na mata e escapou da morte


 
(Foto: Reprodução)
Um homem identificado como Anderson Luiz Rauta, de 32 anos, foi executado a tiros na noite desta quinta-feira, 15, numa área de mata a cerca de 2 km da zona urbana de Vilhena. Um amigo dele, que também seria assassinado, foi baleado, mas conseguiu fugir.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal no local do crime, Anderson e o companheiro, ainda não identificado, foram levados até a Linha 152, Setor 12, Gleba Corumbiara, para serem executados.

Segundo informações repassadas à polícia, os dois homens foram capturados e dominados na cidade, sendo transportados num veículo a bordo do qual estavam os três assassinos.
 
Quando desceram do carro, as duas vítimas, já sabendo que seriam mortas, começaram a correr. Anderson, no entanto, não conseguiu escapar e foi morto com dois tiros, um nas costas e outro na cabeça. Na corrida, um dos dois deixou os chinelos para trás.

O sobrevivente, mesmo ferido, se embrenhou numa mata região de mata nas proximidades da indústria Moura e Paz. Como o local fica muito perto da cidade, o baleado conseguiu acionar o Corpo de Bombeiros, que o resgatou no local, levando-o para a emergência do Hospital Regional.
 
A polícia tenta descobrir a motivação para a dupla execução, que foi levada a cabo pela metade. A reportagem do jornal segue acompanhando o caso.

Com informações do site: FOLHA DO SUL