segunda-feira, 5 de julho de 2021

Mãe de seis filhos mata marido com facada no coração


 
(Foto: Reprodução/Redes Socias)
Os casos de violência doméstica aumentaram durante a pandemia da Covid-19. Apesar das medidas protetivas que podem ser solicitadas pela vítima, em alguns casos, a lei não é suficiente para coibir as agressões. Para tentar se defender, algumas mulheres acabam tomando atitudes drásticas. 

Fernanda Barreto da Costa foi presa suspeita de matar o marido, Manoel Araújo da Silva, de 48 anos. Ele foi morto com um golpe de faca próximo ao coração. O crime aconteceu no último sábado (3), em Marabá, no sudeste do Pará. 

De acordo com familiares de Fernanda, a mulher era constantemente espancada pelo marido. Os dois viveram juntos durante 4 anos. A mulher é mãe de seis filhos, sendo que apenas o mais novo era filho do companheiro morto.
 

O crime ocorreu após uma discussão do casal, durante a madrugada de sábado. De acordo com vizinhos, os dois estariam se divertindo na casa, quando o homem começou a agredir Fernanda. Para se defender, ela pegou uma faca e atingiu um dedo da mão do agressor. Ele insistiu na briga e continuou batendo na mulher, com socos e pontapés. 

O marido, que estava sob efeito de álcool, ainda teria aplicado um golpe conhecido como "mata leão" na vítima. Em seguida, ela golpeou o marido no coração. 

O agressor foi encaminhado para um hospital do município, mas não resistiu ao ferimento e morreu na manhã do último domingo (4). A mulher não fugiu do local após o crime e aguardou a chegada da polícia na residência da família, onde recebeu voz de prisão. Fernanda foi autuada em flagrante delito.
 

A defesa da mulher espera que seja decretada a soltura da mulher, já que a mesma agiu em legítima defesa. 

Com informações do site: DEBATE CARAJAS