sexta-feira, 30 de julho de 2021

Menina de 10 anos morre após celular conectado à tomada explodir; avó e bebê de 2 anos também foram atingidos


 


Foto: Reprodução
Uma criança de apenas 10 anos morreu após ser vítima de uma explosão de um aparelho de celular que estava na tomada. O caso ocorreu no último dia 15 de julho, na cidade de Pão de Açúcar, em Alagoas, e a menina estava internada desde então, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no último domingo (25).

A garotinha teve ferimentos de 2º e 3º graus e estava no Hospital Geral do Estado (HGE), localizado em Maceió. Segundo informações da família, ela usava fones de ouvidos com o celular enquanto o mesmo era carregado na tomada. A explosão provocou um cenário de destruição total na residência, atingindo não só a vítima fatal, mas a avó materna dela e outro bebê de 2 anos.

A residência, situada no povoado de Santiago, na Zona Rural do município também acabou pegando fogo, e teve destruição parcial. O quarto onde a menina de 10 anos estava ficou completamente destruído, afetando todos os móveis e objetos presentes. Vizinhos ajudaram na contenção das chamas até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Atendimento
Em um primeiro momento, a menina e os familiares foram atendidos em uma unidade hospitalar de Pão de Açúcar, e posteriormente foram conduzidas para a cidade de Santana do Ipanema, a 49 km do município onde eles residiam.

Com 40% do corpo queimado, com foco nas pernas e braços, a menina foi levada para o  Maceió. Na capital alagoana, ela foi submetida a um procedimento cirúrgico e foi transferida para um leito de UTI na unidade de queimados do HGE.

O bebê, por sua vez, permanece internado na enfermaria do HEA. Ele sofreu queimaduras na mão e pé. Segundo o boletim médico divulgado, ele não corre risco de vida. O caso será investigado pela Polícia Civil de Alagoas. O caso liga alerta sobre o risco de se utilizar aparelhos eletrônicos enquanto eles carregam na energia elétrica.

Com informações do site: i7news