quarta-feira, 7 de julho de 2021

Mulher é presa após atear fogo no companheiro para dar ‘susto’ nele


 

Uma briga de casal terminou com uma mulher de 37 anos presa e um idoso, de 76, com o corpo queimado, em Ipatinga, na região do Vale do Aço, nessa terça-feira (6). A motivação da discussão foi a suspeita, por parte da companheira, de que o parceiro dela tinha amantes. Ela falou que queria dar um “susto” nele.

De acordo com a Polícia Militar, o idoso contou que a mulher ficou fora de casa o dia todo. Assim que ela retornou começou a discutir dizendo que o companheiro tinha amantes.
Conforme registrado na ocorrência, a mulher estava muito nervosa.
Durante a discussão, o idoso foi atingido pela própria companheira com uma tesoura e teve um corte na mão esquerda. Na sequência a mulher jogou álcool na roupa do parceiro e ateou fogo utilizando um isqueiro.

Ferimentos
O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu a vítima e constatou queimaduras de primeiro e segundo grau no corpo. O idoso foi levado para o Hospital Márcio Cunha.

Prisão
A suspeita confirmou ter golpeado e ateado fogo no companheiro. Ela disse aos militares que ficou nervosa após o parceiro negar ter amantes. A mulher contou que quebrou um prato e jogou álcool para dar um “susto” nele.

A PM de Ipatinga informou ao BHAZ que a mulher possui passagens pela polícia por envolvimento com o tráfico de drogas. Além disso, há registro por falsidade ideológica e também de furto. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Ipatinga.

Com informações do site: bhaz