quarta-feira, 7 de julho de 2021

“Não é abandono, é necessidade”, diz jovem que deixou 4 filhos trancados


 
Foto: Reprodução
À reportagem, os vizinhos disseram que sempre a mulher sai e deixa as crianças trancadas, chorando. Dizem que ainda não tinham denunciado a moradora por dó, mas ontem foi a gota d’água. "Ela saiu de manhã e só voltou no fim da tarde. As crianças ficaram o dia inteiro sozinhas”, contou a comerciante Zita Silva, 48 anos.  Segundo ela, o menino mais velho já chegou a pular o muro para ir brincar na rua. Hoje de manhã, os policiais voltaram a casa para verificar se estava tudo certo.

Caso - Em situação precária e sem comida, as crianças foram encontradas sozinhas e trancadas dentro de casa, por volta das 17h de ontem (5), na Rua Água Branca, no Jardim Noroeste. Não havia comida na geladeira, nem no armário.

À polícia, os vizinhos contaram que as crianças estavam sozinhas desde cedo. Em um dos cômodos do barraco, havia três camas com colchão fino e despedaçado. Dois irmãos estavam deitados em uma delas.

Com informações do site: NEWS