sexta-feira, 16 de julho de 2021

Pastor é indiciado por importunação em Paragominas


 
Foto: Reprodução

A Delegacia Especializada no Atendimento á Criança e ao Adolescente (DEAM) indiciou um indivíduo pois o mesmo teria atraído uma adolescente da denominação que liderava com o pretexto de contar um sonho.

O acusado teria alegado ser uma revelação do Espírito Santo para que tivesse relação com ela.

Tendo contado o sonho, o homem (que é casado), teria partido para a prática de atos não consentidos pela vítima.

Depois do abuso, a adolescente revelou aos familiares tudo o que teria ocorrido e todos foram conduzidos para a 13ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Paragominas.

Conforme a Lei 13.718, Artigo 215-A: Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro: Pena – reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, se o ato não constitui crime mais grave.

A investigação passou para a DEAM por dossiê. A Delegada responsável, Amanda Costa, fez o indiciamento e enviará o inquérito à Justiça.

Com informações do site: Noticias Diarias.