quarta-feira, 7 de julho de 2021

Revelada carta secreta de Lázaro contando detalhes de crime e pedindo ajuda


 
Foto: Reprodução
Uma reportagem exibida pelo Fantástico, na noite do domingo, dia 04 de julho de 2021, mostra que Lázaro carregava uma carta no bolso da jaqueta que usava quando trocou tiros com a polícia e foi morto, há exatamente uma semana.

A suspeita é que o conteúdo anotado no papel seja um detalhamento de como aconteceu a chacina que vitimou 04 integrantes da família Vidal, em Ceilândia/DF.

“O cara tava armado e antes de eu conseguir enquadrar a vítima, ainda conseguiu avisar uma pessoa, que quando eu vi já foi só os tiros (sic)”, escreveu o maníaco.


Na carta, Lázaro também afirmou que estava sem munições para a arma de fogo e ofereceu dinheiro para conseguir ajuda. Ainda não se sabe quem seria o destinatário.

“Já tive dois confrontos […] tô zerado de munição. Pra pegar pra mim, eu vou te adiantar 500 reais”

A chacina:

A execução da família Vidal, em Ceilândia, foi registrada no dia 09 de junho e marcou o início das buscas por Lázaro. Na ocasião, ele matou o empresário Cláudio Vidal, de 48 anos, e os dois filhos, Gustavo Vidal, de 21 anos, e Carlos Eduardo Vidal, de 15.

O crime ocorreu na chácara em que as vítimas moravam e todas foram encontradas com ferimentos de tiros e facadas. Já a esposa de Cláudio, Cleonice Marques, chegou a ser sequestrada pelo maníaco. O corpo foi encontrado após três dias, com uma orelha arrancada. A perícia também confirmou que ela foi vítima de estupro.

Com informações do site: G1/FANTASTICO