sábado, 10 de julho de 2021

Veja como era o "Diabão" antes da transformação


 
Foto: Reprodução/Instagram
O tatuador Michel Faro Praddo, conhecido nas redes sociais como "Diabão", abriu o coração em uma entrevista polêmica ao portal UOL. Vale lembrar que o homem já realizou uma série de procedimentos para alterar sua aparência, entre elas; adicionou chifres e presas à cabeça, cobriu o corpo com diversas tatuagens e até removeu um de seus dedos das mãos.

Em entrevista, "Diabão" revelou que seu sonho é se tonar o homem "mais modificado do mundo", ele ainda pretende bifurcar a mão e que não sente medo dos procedimentos.

"Diabão" relatou ainda que já ouviu comentários críticos em relação à sua aparência. "Eu já ouvi e ouço quase que diariamente em rede social. Pessoalmente, não ouço. A maioria das pessoas é covarde e não tem coragem de falar na minha frente. Não me incomoda as pessoas se assustarem, se chocarem, se espantarem, sei lidar bem com isso. Acredito que seria ignorância não saber lidar, eu busco a aparência sinistra. O que não me acostumo, não aceito e nunca vou barganhar é meu devido respeito. Respeito é tudo", enfatiza ele.

O tatuador também falou sobre a polêmica retirada de seu dedo anelar, fazendo com que suas mãos assumissem uma aparência de garras.

"A retirada do dedo foi feita com um amigo mexicano considerado um dos maiores modificadores do mundo, e essa modificação foi uma das melhores em questão de pós, muito tranquilo. Em uma semana eu já estava fazendo musculação. Foi uma semana de anti-inflamatório e só. O medo sempre está presente e me deixa prudente. Às vezes a prudência me impede de algo: revejo e decido se continuo ou não. O medo está lá, mas não tem o poder em nada na minha vida", contou ele. 



Com informações do site: UOL