quarta-feira, 21 de julho de 2021

Vídeo: bebê de 8 meses é vendida pela mãe por moto e R$ 2 mil; veja


 
(Foto: Reprodução)
Um pai luta na Justiça para manter a guarda da filha biológica depois que a menina de 8 meses foi vendida pela mãe. Em troca de uma moto e R$ 2 mil, a mulher aceitou dar a criança.

Prints de conversas da mulher com a mãe mostram o interesse dela em vender a criança para um casal estéril. Nas mensagens, ela afirma que ia dar a filha. 

Veja vídeo:



A denúncia foi feita por Mateus do Santos Pereira, de 21 anos, e seus pais, avós paternos da menina. A família está há sete meses lutando na Justiça para conseguir a guarda e através de uma liminar, conseguiu trazer a filha para morar com eles em Conceição Araguaia, no Sul do Pará. Mas eles temem perder a bebê novamente.

O casal que estava com a tutela da criança teria recorrido da decisão. Mateus conta que ele e mulher tiveram um relacionamento em Brasília. O casal se separou antes da menina nascer e, por isso, a mãe da criança aproveitou para registrá-la sem o nome do pai.  Foi necessário um exame de DNA para comprovar a paternidade. 

Agora, os avós paternos têm percorrido todos os órgãos competentes para assegurar o direito de continuar com a neta. Segundo eles, a mãe do bebê teria alegado que o pai não tem condição de sustentar a filha.  

Um criança de brinde por R$ 2 mil

Em novembro de 2019, um caso ganhou repercussão nas redes sociais. Um anúncio suspeito sobre a venda de um bebê no site Craigslist continua sendo investigado por agentes de Miami, nos Estados Unidos.

O recém-nascido está sendo anunciado por UR$ 500, o equivalente a R$ 2 mil aproximadamente. Uma criança de 4 anos de idade iria de brinde para quem realizasse a compra.

"Bebê é de duas semanas de idade. Ele dorme, não faz barulho à noite. Fórmula e roupas também serão inclusas. Além de uma irmãzinha de 4 anos, de graça", dizia o anúncio. A veracidade da publicação está sendo checada pelos investigadores.

Com informações do site: SBT