sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Como ajudar um amigo com depressão


 
Foto: Reprodução
Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 264 milhões de pessoas de todas as idades sofrem de depressão. É uma condição séria (mas tratável) que causa uma dor imensa para quem sofre com ela. E que pode ser também muito dolorosa para quem convive com uma pessoa com depressão.

Se alguém próximo a você está sofrendo, você pode sentir desamparo, medo, raiva, culpa ou frustração e até isso tudo ao mesmo tempo. No entanto, você não é impotente nesta situação. Há coisas que você pode fazer para ajudar. Para descobrir que coisas são essas de acordo com os principais especialistas, clique nesta galeria.

Mostre-se presente -

A depressão é por natureza uma experiência que isola demais a pessoa. Por isso, a primeira ação que você deve ter caso suspeite que alguém está deprimido é se aproximar e se mostrar presente, de acordo com Alisha Powell, terapeuta e assistente social.

Pessoas com depressão se sentem isoladas -

Uma das coisas mais comuns que as pessoas fazem quando estão deprimidas é se isolar do mundo ao seu redor. A coisa mais benéfica que alguém pode fazer por uma pessoa deprimida é cercá-la de outras pessoas.

Tenha paciência -

"Não tenha medo de ligar ou enviar mensagens de texto, mesmo que a pessoa não seja super responsiva", diz Powell. Será mais fácil você chegar nela ao invés de deixá-la se aproximar.

Evite os clichês -

Bethany Cook, psicóloga clínica, aconselha evitar frases prontas, como "As coisas vão melhorar", "Amanhã é outro dia", "Eu sei como você está se sentindo", porque, com toda a honestidade, você não sabe.

"Vai melhorar" -

Tina B. Tessina, psicoterapeuta e escritora, também aconselha fortemente a não dizer clichês como "Vai melhorar".

Empatia -

Tessina diz que é muito melhor dizer "Sinto muito que isso tenha acontecido com você" ou "você não merece isso".

Cada um tem suas próprias estratégias de enfrentamento -

Todo mundo tem suas maneiras de enfrentar a dor. Só de você estar perto da pessoa e ela saber que você não vai fugir caso ela chore já é suficiente para que a pessoa se sinta menos isolada.

Valide como a outra pessoa está se sentindo -

A intenção é que você não tente resolver os problemas da pessoa ou dizer que as coisas vão melhorar — você está tentando validar seus sentimentos.

Se não sabe como ajudar, pergunte! -

Aimee Daramus, psicóloga clínica licenciada, diz que, ao invés de gastar tempo e energia se preocupando com o que uma pessoa quer, basta perguntar a ela!

Aceitação -

Daramus explica: "Uma pessoa pode precisar desabafar. Outra pessoa pode querer que você se sente no sofá com ela e assista TV." A coisa mais importante é aceitar o que a pessoa precisa.

Ouvir é tudo -

Tina B. Tessina ressalta que ouvir é provavelmente a coisa mais importante. Ou seja, estar lá para seu amigo e ouvi-lo quando ele estiver pronto para falar.

Seja paciente -

"Seu amigo precisa de alguém que possa ouvir qualquer que seja o problema", diz Tessina. Ouvir pode levar muito tempo, ou precisar de vários encontros. "Seu amigo provavelmente não se sentiu seguro para falar sobre isso antes, então está preso", acrescenta Tessina.

Não julgue -

Estar aberto a qualquer coisa que a pessoa esteja sentindo e aos problemas que está enfrentando de forma não crítica é a coisa mais importante na equação.

Mantenha suas expectativas baixas -

Uma abordagem sábia quando se trata ajudar alguém que está passando por uma depressão é manter suas expectativas baixas e entender que apenas sentar com ela já é suficiente.

Só sentar-se ao lado pode ser suficiente -

"Vá visitar sem nenhuma expectativa de se divertir", diz Laurel Steinberg, terapeuta de relacionamentos de Nova Iorque. "Às vezes, apenas sentar ao lado de alguém e assistir a um filme pode ajudar a lembrá-la de que ela é digna de ter alguém como companhia."

Você não vai consertar nada -

Entenda que não é esperado que você consiga entreter uma pessoa com depressão ou que consiga ser tão engraçado que vai conseguir tirá-la do lugar sombrio em que está. É a mesma atitude que você teria com um amigo que perdeu a mãe: estar lá é suficiente.

Seja útil -

A depressão é frequentemente descrita como um sentimento de sufocamento, onde até as tarefas mais simples parecem impossíveis. Com isso em mente, pode ser útil você oferecer uma mãozinha mais prática.

Ofereça ajuda com coisas do dia a dia -

Isso pode significar ajudar alguém com a lavagem dos pratos, por exemplo. "Pergunte se você pode ajudar a arrumar a casa", diz Steinberg. "Existir em um espaço organizado não só é mais confortável e esteticamente agradável, mas também tem se mostrado útil em melhorar o humor das pessoas."

Seja delicado -

É uma conversa difícil de se ter. Você não quer insinuar que a pessoa não pode cuidar de si mesma ou de suas coisas. Aqui está um dica: flores geralmente são um bom presente que ajuda a tornar um quarto esteticamente mais agradável.

Exercícios são muito benéficos -

Um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Boston descobriu que o exercício é uma maneira extremamente eficaz de combater sintomas de depressão. Com isso em mente, convidar seu amigo para caminhar ou participar de outra atividade física é sempre útil.

Seja exemplo -

"Então, seja aquele amigo (se a outra pessoa concordar) que assume o papel principal e faz vocês dois se mexerem!", diz Bethany Cook.

Encoraje a pessoa a buscar ajuda -

Incentive a busca por ajuda externa. Poucas pessoas ficam animadas em procurar um profissional, mas muitas vezes é a melhor opção, diz Alisha Powell.

A pessoa pode se sentir ofendida -

Sugerir que alguém deve ver um terapeuta também deve ser feito de forma muito delicada. Ir com um contato em mãos para a conversa, pode facilitar.

A pessoa está se colocando ou colocando outros em perigo? -

Depressão é uma condição muito séria. Não se trata apenas de se sentir triste. A doença pode colocar a vida da pessoa em perigo. Tudo bem perguntar se a pessoa pensou em se machucar, de acordo com Aimee Daramus.

Tudo bem perguntar -

"Você não vai acidentalmente colocar a ideia na cabeça da pessoa, eu juro", diz Daramus.

Mostre que você se importa -

Se a pessoa está se sentindo inútil ou indesejada, a coisa mais valiosa que você pode dar a ela é mostrar o quanto você se importa.

Se for muito sério, peça ajuda profissional -

Se as coisas são mais sérias, é provável que esteja fora do seu alcance ajudar e o melhor é que a pessoa seja tratada por profissionais. Tessina diz: "Não se preocupe se seu amigo disse para não contar a ninguém — esse é apenas o momento em que contar pode salvar uma vida."

Não há conserto rápido -

Não desista. Não espere que a depressão seja algo que possa ser resolvido da noite para o dia ou corrigido com uma única conversa. Pode ser tentador desistir de um amigo quando eles não estão respondendo.

Não se esqueça de cuidar da sua própria saúde mental -

Ser solidário é emocionalmente desgastante, por isso é importante ter tempo para cuidar da sua saúde mental também. Haverá momentos em que você não vai poder oferecer apoio, e é melhor ser claro e honesto nessas horas.

Continue a encorajar e ajudar a pessoa -

"Mantenha as mensagens de apoio, as palavras esperançosas e fique por perto", diz Raffi Bilek, terapeuta e diretor do Centro de Terapia de Baltimore. "Apenas receber a mensagem de que você não vai a lugar nenhum pode ser útil e encorajador para seu amigo."

 Fonte: (Parade)