domingo, 1 de agosto de 2021

EMBOSCADA: VÍTIMA DE FEMINICÍDIO FOI CUIDAR DO EX-MARIDO E ACABOU MORTA, REVELA SOBRINHA


 


Foto: Reprodução
A prisão preventiva de Wellington Silva de Santana acusado de matar a ex-mulher a facadas durante uma emboscada na cidade de Conceição do Jacuípe, na última sexta-feira (23/7) foi decretada, mas o suspeito segue foragido e procurado pela Polícia Civil.

A sobrinha de Daiane informou a situação do relacionamento do antigo casal. “Ela já vinha sendo perseguida por ele. Ele já tinha esfaqueado ela em setembro do ano passado, recebeu alta e estava morando em outro bairro da cidade e acabou se mudando para próximo da mãe. Ele continuava perseguindo ela, falando que poderia fazer alguma coisa com a família.

Wellington foi picado por uma cobra há uma semana e ela foi até a casa dele para poder cuidar, mas ela não quis mais ele e, na quinta-feira, ela ligou para minha avó, desesperada, porque alguém tinha invadido a casa dela. Na sexta-feira, todo mundo já temia que ele poderia fazer alguma coisa com ela e com a filha de 6 anos. Na sexta-feira de noite, ele mandou uma mensagem para ela dizendo para ir lá pegar um dinheiro e pagar o aluguel e fazer uma comida, porque ele estava sem comida, chegando lá, ele a assassinou”, falou a jovem ao vivo durante o programa Balanço Geral, na Record TV Itapoan.

Ainda de acordo com a sobrinha da vítima, familiares do suspeito informaram aos policiais que Wellington estaria em estado grave em um hospital de Conceição do Jacuípe, “mas ele não estava em lugar nenhum, a família fez isso para dar tempo dele fugir, ajudando ele na fuga”, disse.

Com informações do site: Fala Genefx