sábado, 28 de agosto de 2021

Estuprador de enteada de 3 anos é procurado pela polícia; gravou ato no celular


 

Foto: Reprodução

Uma menina de apenas 3 anos foi estuprada pelo padrasto em Manaus, no Amazonas. O criminoso é procurado pela polícia. O suspeito de 41 anos gravou a violência pelo celular. Ele está foragido.

O registro das imagens no aparelho do homem foi visto pela mãe da criança. A mulher afirmou que, diante do desespero, chegou a pegar uma barra de ferro e agrediu o suspeito. Durante a briga, o estuprador pediu “perdão” e que estava “arrependido”. O homem ainda solicitou que a companheira não o denunciasse.

A mulher prestou queixa na delegacia e contou que foi ameaçada pelo suspeito. Ele ainda afirmou que denunciaria a cunhada, pois ela “bebia com ele”. A criança confirmou à família e à polícia que não foi a primeira vez que os abusos aconteceram.

A vítima foi criada pelo suspeito após o nascimento, já que a idade da criança é o mesmo tempo de relacionamento do padrasto e da mãe da menina. A tia da criança afirmou que o homem “não aparentava” ter esse tipo de conduta e apresentava o perfil de “uma pessoa trabalhadora”. O casal, porém, tinha uma relação conturbada.

A maioria dos crimes de pedofilia e estupro de vulneráveis é cometido por homens próximos da vítima, por parentes ou amigos.


Com informações do site: mceara