segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Ex-presidiário morre após ser baleado dentro de boate e suposto policial é apontado como atirador


 
Foto: Reprodução
O homicídio praticado contra o ex apenado Nilton Soares do Nascimento, 46 anos, ocorreu na madrugada deste domingo (22), após confusão ocorrida na Boate Vip Club, localizada na Avenida Calama com Rua João Goulart, região central de Porto Velho. O suspeito de ter cometido o crime é um suposto policial militar identificado apenas como Henry.

As informações registradas em boletim de ocorrência são de que Henry havia esbarrado em Nilton, que estava na boate com seus filhos e esposa. Houve princípio de confusão e o suspeito sacou arma de fogo e atirou duas vezes, baleando Nilton no tórax. Um filho da vítima afirmou que Henry ainda agrediu sua madrasta com soco no rosto. Clientes tentaram deter o atirador, mas o homem conseguiu fugir em um automóvel modelo Renault Logan, de cor branca.

O ferido foi socorrido por populares, sendo levado às pressas ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo por volta das 1h da madrugada. Não foi realizada perícia técnico científica na boate tendo em vista o local ter sido lavado logo após o ocorrido, desfazendo assim a cena do crime. O dono do estabelecimento entregou aos policiais militares um estojo de munição.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV).

Com informações do site: jhnoticias