terça-feira, 24 de agosto de 2021

Homem mais alto da América tem morte confirmada aos 38 anos


 


Foto: Reprodução

Igor Vovkovinskiy, de 38 anos, detinha o título de homem mais alto da América. Nascido na Ucrânia, ele se mudou para os Estados Unidos quando tinha sete anos de idade. Igor entrou para o Guinnes World Records (Livro dos Recordes). Na sexta-feira (20), ele morreu no estado de Minessora (EUA).

Com 2,34 metros de altura, Igor foi reconhecido como o homem mais alto da América em 2010. Na época, ele superou o concorrente George Bell por alguns centímetros de diferença. Apesar da grande estatura, Igor estava longe do homem mais alto do mundo na atualiza. O turco Kösen tem 2,51 metros.

Em toda a história moderna, o homem mais alto era o Robert Wadlow, que media 2,72 metros. Assim como Robert, Igor sofria de uma produção alta de hormônios do crescimento. Robert, por exemplo, morreu em 1940 com apenas 22 anos. Igor morreu na sexta, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Igor foi à Ucrânia, sua terra natal, mas voltou aos Estados Unidos para tratar um câncer que pressionava a glândula pituitária e reencontrou parentes que não via há tempos. Nas redes sociais, uma irmã de Igor postou foto ao lado dele no hospital. A mulher relatou que a última refeição do homem mais alto da América foi um pedaço de bolo Kiev e fanta.

Igor também ficou feliz de ser visitado pelos sobrinhos. “Embora tenha sido difícil de falar, tentou brincar com o sobrinho Andrew, se ele aprendeu a língua ucraniana em um mês na Ucrânia”, diz o relato postado no Facebook. Muitos internautas comentaram o post e lamentaram a morte de Igor Vovkovinskiy. O corpo dele foi enterrado no sábado (21), nos Estados Unidos.

Com informações do site: i7news, Diogo Marcondes