terça-feira, 24 de agosto de 2021

Marchante que matou ajudante a facadas em União vai a júri popular nesta segunda


 
Foto: Reprodução
O marchante Hitalo Roberto da Silva Galvão, de 28 anos, acusado de matar o seu ajudante José Carlos dos Santos, de 38 anos, em União dos Palmares, em 3 de março de 2019, vai a júri popular nesta segunda-feira (23/08).

Hitalo está preso desde o dia 4 de abril de 2019, depois que o juiz substituto da 3ª Vara Criminal, Yulli Rotter, decretou sua prisão.

A defesa do acusado ainda chegou a entrar com recurso especial no Superior Tribunal de Justiça (STJ), na tentativa de conseguir a “desclassificação do crime de homicídio qualificado para o crime de homicídio simples”. O pedido, por sua vez, foi negado.

O julgamento será conduzido pelo juiz Lisandro Suassuna de Oliveira.

Com informações do site: br104