segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Marido encontra mulher com Ricardão no dia do aniversário dele!


 
Foto: Reprodução
Circula em vários grupos de WhatsApp o encontro de uma infidelidade. No vídeo, o marido entra em casa em silêncio e logo avista a mulher deitada na cama acompanhada por outro homem. Isso teria acontecido na Paraíba.

O “talarico” tratou de se desculpar: “Desculpe aí, desculpe aí”. Mas o homem respondeu: “Pode ficar à vontade” e disse para o Ricardão “terminar o serviço”.

O marido disse para a mulher arrumar as malas e ir embora com o Ricardão. Ela se recusa a deixar o lar, alegando que o marido também já fez a “mesma presepada”. O arquivo do vídeo traz a informação de que o marido estava fazendo aniversário no dia.

Infidelidade é crime contra a sociedade
Mesmo não tendo leis próprias que penalizam com cadeia esse ato, há casos em que a infidelidade é crime aos olhos dos juízes, com pagamento de multas. Um bom exemplo envolvendo essa questão aconteceu em Santa Catarina.

Nesse caso, um homem, cuja identidade foi preservada, conseguiu que a mulher fosse obrigada a pagar R$ 50 mil por conta de um caso extraconjungal. Logo, não é errado afirmar que nesse caso é crime, sujeita a punições severas. A decisão do juiz teve como base o Código Civil que estabelece “fidelidade recíproca” entre o casal, uma obrigação que é acarretada com o casamento.

Em outras palavras, por mais que os casos extraconjugais não sejam considerados ilícitos, eles acabam configurando ato ilícito, ou seja, em certas circunstâncias traição é crime contra o cônjuge.

Com informações do site: De olho news