quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Mattel cria barbie da mulher que desenvolveu vacina da AstraZeneca


 
Foto: Reprodução
A fabricante de brinquedos Mattel revelou uma coleção de seis bonecas Barbie em homenagem a mulheres que trabalham na ciência, incluindo Sarah Gilbert, uma das responsáveis pelo desenvolvimento da vacina da AstraZeneca.
 
A vacinologista britânica e professora na Universidade de Oxford confessa que, inicialmente, achou o gesto "muito estranho", mas espera que a iniciativa inspire outras crianças a seguir a profissão.

"Tenho paixão por inspirar a próxima geração de meninas nas carreiras STEM (sigla em inglês que significa Ciências Naturais, Tecnologia, Engenharia e Matemática) e espero que as crianças que virem a minha Barbie percebam como as carreiras científicas são vitais para ajudar o mundo à nossa volta", afirmou. "O meu desejo é que minha boneca mostre a crianças carreiras que elas podem não conhecer, como um vacinologista."

As bonecas replicam ainda a enfermeira Amy O'Sullivan, que tratou do primeiro paciente com Covid-19 num hospital de Brooklyn, em Nova Iorque, e a médica Audrey Cruz, de Las Vegas, que uniu forças com outros médicos asiático-americanos para combater o preconceito racial e a discriminação.

A coleção fica completa com a médica canadense e ativista Chika Stacy Oriuwa, a biomédica brasileira Jaqueline Goes de Jesus e Kirby White, uma médica australiana que criou um vestido reutilizável para toda a sua equipe, quando o hospital enfrentou uma situação de escassez de batas, logo no início da pandemia.


PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES DO NOTICIAS AO MINUTO