terça-feira, 24 de agosto de 2021

Pastor tenta simular ressurreição de Jesus, é enterrado vivo e morre asfixiado; ele deixa esposa grávida


 
Foto: Reprodução
Um jovem pastor de 22 anos acabou perdendo a vida em uma cerimônia religiosa recentemente. O rapaz estava tentando realizar a simulação da ressurreição de Jesus Cristo, quando ao ter a terra jogada no rosto, não conseguiu respirar e morreu asfixiado.  

James Sakara fazia parte de uma congregação na Zâmbia, onde morava.

Com o intuito de provar o poder da fé na ressurreição de Jesus em três dias, o jovem pastor foi enterrado pelos membros de sua igreja, mas o final foi bem diferente do esperado.

James foi enterrado em uma cova rasa, com pés e mãos amarrados, a pedido dele mesmo. Infelizmente, após alguns minutos soterrado sob a areia, o pastor ficou sufocado e não conseguiu mais respirar, indo a óbito em seguida.
 
Três dias depois, os membros da igreja foram até a cova para desenterrar James, porém ele não apresentava sinais de vida.

Os fiéis chegaram a tentar manobra de ressuscitação, mas as tentativas foram em vão.

A família de James ainda não se manifestou publicamente acerca do trágico episódio. A igreja também preferiu não se posicionar sobre o caso, que tem sido bastante comentado nas redes sociais na última semana. Não foram divulgados os nomes do fiéis responsáveis por enterrar o pastor.

James deixa sua esposa, que estava grávida.

Jessica Cox é Uma Pessoa Destemida Com Necessidades Especiais
A história deixou os membros da igreja confusos, pois nem todos na igreja sabiam do feito do pastor até o caso ser divulgado nos veículos de mídia. Segundo os jornais locais, muitos fiéis se negaram a participar da cerimônia que resultou na morte do pastor. 

Do I7 News