quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Testemunha afirma ter visto toda confusão na sacada do hotel onde MC Kevin caiu


 


Foto: Reprodução
A versão de que MC Kevin teria pulado por conta própria do quinto andar de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, seria falsa. Neste domingo (1°), uma testemunha deu entrevista à Record TV explicando a sua versão.

Trata-se do cantor português Fernando Dimmy Jr, de 31 anos, que estava hospedado em um hotel que fica em frente ao que Kevin estava junto com os amigos. O artista afirma que presenciou toda a situação até a morte do funkeiro. “Eu confirmo que vi a queda do MC Kevin. Foi uma mera coincidência eu estar no hotel ao lado de MC Kevin. Pois eu não sabia da presença dele naquela cidade [no Rio de Janeiro]”, disse o cantor à TV.

Após a exibição da reportagem, os pais do funkeiro, Agnaldo Bueno e Valquíria Nascimento, manifestaram nas redes sociais a revolta pelo filho não ter recebido ajuda quando os colegas o incentivaram a pular. “Se não fosse incentivado! Que a justiça de Deus seja feita!”, disse o pai.

A revolta, no entanto, é direcionada à garota de programa, Beatriz Dominguez, que estava no quarto de hotel junto com Kevin e os amigos MC VK e Jhonatas. Os três teriam mentido para a polícia. 

“Bando de filho da put* mentiroso, tá todos mentindo. Meu filho foi uma vítima. Ele aí era o único de coração puro. O resto tudo falso, mentirosos, mas Deus tudo vê e a justiça vai ser feita. Mataram ele, judas desgraçados, malditos. Nada vai trazer ele de volta, mas isso não vai ficar [para] à justiça de Deus, tá? Aí, eu perdi meu filho por muitas pessoas malditas. Tá todo mundo mentindo, isso sim. Um joga pro outro e, na verdade, é tudo culpado. Desgraçados, agora eu vou atrás de cada. Ninguém vai ter paz. Ninguém, malditos”, disse a mãe. 

Com informações do site: bnews