quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Adolescente é apreendido ao “ostentar” drogas e armas em festa no A


 
Foto: Reprodução
Lábrea (AM)- Festas clandestinas regadas a drogas, bebidas e influência do tráfico ainda são realizadas no Amazonas. A Polícia do Amazonas trabalha para coibir a ação de criminosos que perturbam a vida de famílias no Amazonas. 

Por volta das 3h30, deste domingo (5), policiais militares da 4ª da Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), apreenderam um adolescente, de 16 anos. Ele estava ostentando no local com armamentos, munições, entorpecentes, dinheiro e apetrechos ligados ao comércio ilegal de drogas.

Outro jovem de 23 anos foi detido na festa clandestina que acontecia em uma casa na Travessa Santo Antônio, município de Lábrea (distante 702 quilômetros de Manaus).

A polícia chegou para acabar com a festa após denúncia anônima de vizinhos da residência. Com detalhes informaram sobre a aglomeração e o envolvimento de pessoas com o tráfico de drogas.

Famílias no local temiam, pois os participantes estavam armados. Em caso de uma desavença, há grande possibilidade de um inocente ser atingido por uma bala perdida.

Durante a revista na casa foram encontradas as seguintes armas e munições que comprovaram o arsenal:

- Uma pistola Taurus, calibre 380 com numeração aparente, que estava com o jovem suspeito;

- Um revólver Rossi, calibre 22 e numeração suprimida;

- 38 munições calibre 380 intactas;

- Uma munição calibre 38 intactas;

- Quatro munições calibre 40 intactas;

- 16 munições calibre 22 intactas;

- Um carregador de pistola calibre 40;

- Três cartuchos de espingarda calibre 20 intactas;

- Duas balanças de precisão, uma caixa de som, um aparelho celular, um notebook;

-Drogas: entorpecentes com aspecto maconha (8 tabletes pesando 4,138 quilos), oxi (2 tabletes com 2,038 quilos ), e a quantia de R$ 2.477 em espécie.

Juntamente com o material apreendido, os dois infratores foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Lábrea.

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) orienta a população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, informe imediatamente por meio do disque-denúncia 181 ou pelo 190.


Com informações do site: EM TEMPO